Transparência da CLDF é reconhecida por associação de tribunais de contas

Print Friendly, PDF & Email
Foto: Carlos Gandra/CLDF

A Câmara Legislativa do Distrito Federal alcançou a categoria ouro no Programa Nacional de Transparência Pública (Radar da Transparência), um levantamento nacional feito pela Associação de Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon), que analisou cerca de oito mil portais públicos das 27 unidades da federação. Anteriormente, a Assembleia Legislativa do DF havia sido qualificada como prata, e em 2023, graças aos avanços de modernização e inovação digital da instituição, alcançou 89,12% no Índice de Transparência, explicou o vice-presidente da CLDF, deputado distrital Ricardo Vale (PT).

“Comunicação e tecnologia são dois alicerces fundamentais da democracia, pois aproximam a população dos trabalhos do parlamento. A Diretoria de Modernização e Inovação Digital (DMI) desenvolveu novos painéis de transparência para acesso no site, deixando a informação mais atrativa, fornecendo transparência ativa, ou seja, aquela que é espontânea. E o meu objetivo na Vice-Presidência é fortalecer esse trabalho, já que o cidadão tem o direito de saber como é feito o trabalho do seu parlamentar”, disse Vale sobre o trabalho da DMI, que é vinculada à Vice-Presidência.

Além do portal, a Diretoria de Comunicação (DICOM) esteve à frente da inovação digital e organiza os conteúdos da CLDF, atendendo a vários quesitos considerados no Radar da Transparência. Este é o segundo ano em que o Programa Nacional de Transparência Pública promove e avalia mais de 200 critérios em cada site analisado. Atualmente, a Câmara Legislativa é uma Casa totalmente digital, e isso ajudou para que fôssemos eleitos a Casa Legislativa mais transparente do Brasil, conforme o Índice de Transparência e Governança Pública (ITGP), da Transparência Internacional – Brasil.

* Com informações da assessoria de comunicação do deputado Ricardo Vale (PT)

Repórter Brasília/Agência CLDF

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *