Tire dúvidas sobre os programas Cartão Prato Cheio e DF Social

Print Friendly, PDF & Email

Saiba quem tem direito aos benefícios, onde recebê-los, valores e outras informações

Foto: Flávio Anastácio/Sedes

Benefícios sociais são auxílios importantes para a oferta de dignidade e segurança alimentar à população. Tão importante quanto receber esse apoio do Governo do Distrito Federal (GDF) é entender quem pode, quando, onde e como buscar esse amparo.

Arte: Agência Brasília

A seguir, a Agência Brasília detalha o funcionamento e esclarece dúvidas sobre dois importantes programas: o Cartão Prato Cheio e o DF Social. De A Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), de antemão, esclarece que a população pode receber os dois benefícios ao mesmo tempo.

Mas o que é o Cartão Prato Cheio? E o DF Social? A secretária de Desenvolvimento Social, Ana Paula Marra, resume cada um deles.

“O Cartão Prato Cheio é benefício pago em um ciclo de nove parcelas de R$ 250 para adquirir alimentos, exceto bebida alcoólica e cigarro, auxiliando famílias em situação temporária de insegurança alimentar e nutricional. Encerrado esse período, o titular precisa passar por nova avaliação socioassistencial no Cras [Centro de Referência de Assistência Social]  da sua região”, detalha.

“Já o DF Social concede um auxílio mensal de R$ 150 para famílias de baixa renda. Neste caso, não é preciso solicitar o auxílio. As famílias que atenderem aos critérios são incluídas de forma automática conforme os critérios de priorização e disponibilidade orçamentária”, explica a titular da Sedes.

A inscrição no DF Social não garante a entrada automática no programa, pois isso depende de abertura de novas vagas e disponibilidade orçamentária.

Repórter Brasília/Agência Brasília

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *