Saúde contrata R$ 14,1 milhões em serviços de anestesia

Print Friendly, PDF & Email

Focado na prestação de serviços, cerca de 48 mil procedimentos foram contratados para atender a demanda da rede nos próximos 12 meses

Foto: Jhonatan Cantarelle /Agência Saúde-DF

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) contratou cerca de 48 mil procedimentos de anestesiologia em cirurgias eletivas. Com investimento de R$ 14,1 milhões, os serviços complementares de anestesia para a rede pública deverão ser prestados por 12 meses. Os extratos dos três contratos que autorizam o início da prestação dos serviços foram publicados no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF), desta sexta-feira (23).

“Essa contratação vai impactar positivamente nas cirurgias eletivas realizadas pela rede pública de saúde do Distrito Federal. Somando-se às revitalizações em nossos hospitais e à aquisição de equipamentos hospitalares, que trarão segurança ao paciente e aos profissionais, a Secretaria de Saúde atenderá a população com mais agilidade e qualidade”, destaca a gestora da pasta, Lucilene Florêncio.

Com investimento de R$ 14,1 milhões, os serviços complementares de anestesia para a rede pública deverão ser prestados por 12 meses | Foto: Jhonatan Cantarelle /Agência Saúde-DF

O déficit de anestesistas na rede pública de saúde é de 150 profissionais. Houve baixa adesão nas últimas nomeações de profissionais para atuarem na SES-DF. Por isso foi escolhida essa nova modalidade de contrato, em que os pagamentos ocorrerão por anestesias realizadas, ou seja, por produção. “Vamos evitar o desperdício de recursos por falta de equipe e reduzir a demanda reprimida de cirurgias eletivas”, acrescenta a secretária.

Investimento em equipamentos

Os novos procedimentos serão realizados com equipamentos de anestesia de última geração que foram adquiridos em julho de 2023. A SES-DF investiu R$ 18 milhões na aquisição de 64 aparelhos para otimizar o atendimento em dez unidades hospitalares do DF.

Os novos aparelhos são adequados para anestesia em todas as especialidades cirúrgicas e atendem a todos os perfis de pacientes. “A modernização do parque tecnológico é um esforço contínuo desta gestão, e as entregas serão ampliadas, pois três hospitais estão sendo construídos”, enfatiza Florêncio.

Repórter Brasília/*Com informações da Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *