Novo equipamento de segurança garante integridade do Sistema de Abastecimento de Água Norte

Print Friendly, PDF & Email

Obra da Caesb, que tem investimento de R$ 135 milhões, vai atender 355 mil pessoas que moram em sete setores habitacionais da região norte da capital. A chamada “chaminé de equilíbrio” protege o sistema de problemas externos

As obras de construção do Sistema de Abastecimento de Água Norte, realizadas pelo Governo do Distrito Federal (GDF), alcançaram um marco importante, com o início da instalação do equipamento denominado “chaminé de equilíbrio” da Adutora de Taquari, no Lago Norte. A gigantesca estrutura é fundamental para manter o fornecimento de água a ser feito pela futura adutora, que, quando pronta, vai atender 355 mil pessoas que moram em sete setores habitacionais da região norte da capital.

A “chaminé de equilíbrio” do Taquari é uma torre feita de aço com 3,5 metros de diâmetro e 40 metros de altura, o equivalente a um prédio de 12 andares. No equipamento, a Caesb investiu mais de R$ 1 milhão. A chaminé é um equipamento de proteção da adutora para garantir que a distribuição da água não seja interrompida ou que o sistema venha a sofrer danos provocados por problemas externos ou internos.

A “chaminé de equilíbrio” do Taquari é uma torre feita de aço com 3,5 metros de diâmetro e 40 metros de altura; Sistema de Abastecimento Norte é um empreendimento de R$ 135 milhões | Foto: Divulgação/Caesb

Em caso de falta de energia, por exemplo, as máquinas que bombeiam água param de funcionar. A água que estava sendo bombeada para o sistema de distribuição passa a retornar à adutora. Aí entra em ação a “chaminé de equilíbrio”. A água que retornaria sobe pela torre, mantendo e equilibrando o fluxo de distribuição do sistema. Sem a chaminé, a pressão da água seria tão forte que poderia causar danos à tubulação.

Sistema Norte

O Sistema de Abastecimento Norte é um empreendimento de R$ 135 milhões, que vem sendo executado para levar água potável a 355 mil moradores de Sobradinho, Sobradinho II, Grande Colorado, Boa Vista, Taquari, Itapoã e Região dos Lagos.

O complexo está sendo construído em várias frentes de trabalho, que acontecem simultaneamente. Uma delas é a Adutora de Taquari, empreendimento de R$ 44 milhões a ser concluído ainda em 2024. Ao mesmo tempo, estão sendo construídos a Elevatória de Água Tratada Lago Norte e o Reservatório de Água Tratada Sobradinho.

A Elevatória do Lago Norte recebeu investimento de R$ 39,7 milhões. É composta por dois reservatórios metálicos com capacidade para armazenar 2 mil metros cúbicos de água, devendo ser concluída em janeiro de 2025. Já no Reservatório de Sobradinho a Caesb está investindo R$ 21,9 milhões. Serão dois reservatórios metálicos com capacidade para armazenar 8 milhões de litros de água. A previsão é que a obra seja entregue em janeiro de 2025.

Todas as obras do sistema estão gerando 500 empregos diretos e indiretos, segundo Luís Antônio Reis, presidente da Caesb. “Estamos investindo na expansão do fornecimento e na qualidade da água potável que levamos aos moradores da região Norte”, ressaltou Reis. “Ao mesmo tempo, estamos gerando centenas de empregos e renda, ajudando o mercado de trabalho e a economia do Distrito Federal”.

Repórter Brasília/*Com informações da Companhia de Saneamento Ambiental do DF (Caesb)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *