Compra de R$ 16 no Varjão leva prêmio de R$ 500 mil no Nota Legal

Print Friendly, PDF & Email
Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília

Sorteio foi realizado nesta quinta-feira (27) e contou com participação de 979 mil contribuintes habilitados

Uma compra de R$ 16,34 em uma farmácia no Varjão rendeu a um contribuinte do Distrito Federal um prêmio de R$ 500 mil no primeiro sorteio do Nota Legal em 2024, realizado nesta quinta-feira (27).

“O mais importante é que todos podem ganhar. A pessoa fez uma compra de somente R$ 16 e acabou de ser premiada com um valor de meio milhão de reais”, destacou o secretário de Economia, Ney Ferraz (à esquerda) | Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília

Foram distribuídos 12,6 mil prêmios, sendo um de R$ 500 mil, dois de R$ 200 mil, três de R$ 100 mil, quatro de R$ 50 mil, dez de R$ 10 mil, 30 de R$ 5 mil, 50 de R$ 1 mil, 500 de R$ 200 e 12 mil de R$ 100. Além do prêmio principal, que foi para o Varjão, os prêmios de R$ 200 mil saíram para Guará II e Sobradinho, e os de R$ 100 mil para São Sebastião, Asa Sul e Águas Claras.

Os contribuintes já podem acessar o sistema do Nota Legal para saber se estão entre os vencedores. Posteriormente, aqueles que foram contemplados receberão um e-mail com orientações e prazo para indicação de uma conta para recebimento do prêmio.

O secretário de Economia do DF, Ney Ferraz, ressaltou que, mais do que concorrer a prêmios, o cidadão que participa do Nota Legal, indicando o CPF na hora da compra, contribui para a arrecadação fiscal. “É um exercício de extrema transparência, em que os cidadãos atuam como uma extensão da secretaria, exercendo papel até de auditores da Fazenda, fiscalizando, auditando, cobrando, fazendo o seu trabalho de cidadania”, afirmou.

“Isso vai nos ajudar a aumentar a arrecadação para que nós possamos transferir esses investimentos às políticas não somente de saúde, educação, grandes obras, infraestrutura, mas da parte social em que nós temos diversos programas do governo, como o Prato Cheio, o Cartão Gás e todos os demais serviços sociais que são mantidos com essas arrecadações tributárias”, acrescentou.

Sobre o sorteio, o secretário destacou o caráter democrático: “O mais importante é que todos podem ganhar. A pessoa fez uma compra de somente R$ 16 e acabou de ser premiada com um valor de meio milhão de reais”.

Ao todo, participaram do sorteio 979.654 contribuintes habilitados, que geraram 61.528.158 bilhetes – número 6,28% maior que o registrado na edição anterior. Foram contempladas as compras feitas entre 1º de maio de 2023 e 31 de outubro de 2023. Para participar da disputa, que é semestral, o contribuinte precisa estar inscrito no programa e adimplente com o fisco do DF.

Repórter Brasília/Agência Brasília

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *