ARI e Faculdades EST disponibilizam Central de Jornalismo para profissionais de todo o Brasil

Print Friendly, PDF & Email

QG instalado na instituição de ensino superior, em São Leopoldo, oferece infraestrutura completa para produção e transmissão de notícias sobre a enchente no RS

Presidente da ARI, José Nunes, e o diretor-geral da Faculdades EST, Valério Schaper.

Em um acordo inédito de cooperação, a Associação Riograndense de Impresa (ARI) e a Faculdades EST, de São Leopoldo, estão disponibilizando um espaço para jornalistas do Rio Grande do Sul e de todo o país trabalharem durante a cobertura das enchentes que assolam o Estado. A central, localizada na biblioteca do centro de formação e pesquisa leopoldense, oferece uma mini redação com estrutura completa, incluindo computadores, mesas, sala de reuniões e o mais importante: acesso à internet. A parceria foi firmada nesta quinta-feira (09) entre o presidente da ARI, José Nunes, e o diretor-geral da Faculdades EST, Valério Schaper.

Na sede, onde já estão abrigadas mais de 60 pessoas, também será possível receber jornalistas de fora, pois há condições de pouso de helicópteros. O ambiente conta também com estúdio equipado, facilitando a gravação de programas de televisão. “Nossa ideia é oferecer aos profissionais um QG seguro, com internet e equipamentos para a produção e transmissão de notícias com a maior rapidez e confiabilidade”, ressalta Nunes.

Uma das cidades mais atingidas pela enchente na Região Metropolitana, São Leopoldo se encontra ilhada, sem ligação com a vizinha Novo Hamburgo, ao Norte, e Porto Alegre, ao Sul. Com cerca de 230 mil habitantes, teve grande parte da sua área urbana inundada, incluindo o Centro, e mais de 150 mil moradores foram afetados. “Ofertar esta central garante a produção de notícias em tempo real e com a chancela do jornalismo profissional, pois a desinformação é muito grande”, enfatiza o presidente da ARI.

FACULDADES EST  

Localizada na Rua Amadeo Rossi, 467, no bairro Morro do Espelho, a Faculdades EST é uma instituição de ensino superior e pesquisa com cursos de graduação, pós-graduação e educação continuada. Mantida pela Instituição Sinodal de Assistência (ISAEC), é vinculada à Igreja Evangélica da Confissão Luterana no Brasil (IECLB). “Nos sentimos honrados em receber jornalistas e todas as equipes que precisarem desse espaço nesse momento”, assinala Schaper. “Pelo nosso caráter comunitário e filantrópico estamos de portas abertas à comunidade e prontos a atender suas demandas, em especial agora”.

COMO FAZER PARA USAR O ESPAÇO

A Central de Jornalismo está localizada na biblioteca da Faculdades EST. Para acessar, é necessário contatar os jornalistas José Nunes (51)  99949.3142 e Magali Schmitt (51)99972.3777 pelo WhatsApp e informar nome, veículo e dados de identificação. Após, será liberada a entrada na guarita do portão principal de entrada. Os jornalistas e equipes ganharão um crachá para permanecer nas dependências. O local dispõe também de estacionamento gratuito.

Repórter Brasília, Edgar Lisboa/ Associação Riograndense de Imprensa (ARI)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *