Agências do trabalhador têm 717 vagas de emprego nesta quinta-feira (6)

Print Friendly, PDF & Email

Cadastro para as vagas disponíveis pode ser feito por aplicativo ou pessoalmente em uma das 14 unidades da agência do trabalhador

Foto: Arquivo/ Agência Brasília

As agências do trabalhador do Distrito Federal oferecem 717 vagas de emprego nesta quinta-feira (6). As oportunidades oferecem benefícios, além da remuneração, e estão lotadas em diversas regiões administrativas. Entre os destaques com o maior número de chances estão os ofícios de motorista carreteiro (30), sem local de trabalho fixo e salário de R$ 5,5 mil, e auxiliar técnico de distribuição de energia (30), no Riacho Fundo com remuneração de R$ 1,6 mil. As vagas não exigem experiência.

A lista de oportunidades traz, ainda, chances para pessoas com deficiência (PcD) e ofertas de estágio e do programa Jovem Aprendiz. Oficial de manutenção é o cargo que busca um candidato PcD. O trabalho é em Águas Claras, exige pelo menos o ensino fundamental incompleto e a remuneração é de R$ 2.285,80.

Quem busca estágio, há 15 vagas de operador de telemarketing ativo. O salário é de R$ 33 por dia. É necessário ter o ensino médio completo. Já a oportunidade de Jovem Aprendiz é para pessoas que estão cursando o ensino médio. São duas vagas para atendente balconista, na Asa Norte. A remuneração é de R$ 800.

Para participar dos processos seletivos, basta cadastrar o currículo no aplicativo Sine Fácil ou ir a uma das 14 agências do trabalhador, das 8h às 17h, durante a semana. Mesmo que nenhuma das vagas do dia seja atraente ao candidato, o cadastro vale para oportunidades futuras, já que o sistema cruza dados dos concorrentes com o perfil que as empresas procuram.

Empregadores que desejam ofertar vagas ou utilizar o espaço das agências do trabalhador para entrevistas podem se cadastrar pessoalmente nas unidades ou pelo aplicativo do Sine Fácil. Também é possível solicitar atendimento pelo e-mail gcv@setrab.df.gov.br. Pode ser utilizado, ainda, o Canal do Empregador, no site da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda do Distrito Federal (Sedet-DF).

Repórter Brasília/Agência Brasília

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *