Metade vem de fora | https://reporterbrasilia.com.br/

Inicial / Notícias / Metade vem de fora

Metade vem de fora

Print Friendly, PDF & Email

De acordo com a última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad)- dado referente a 2008 – divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), constata que 51,08% (ou 1,2 milhão) da população que vive em Brasília é composta por migrantes de outros estados ou países. O Rio Grande do Sul aparece na 14ª posição com 16.671 gaúchos morando na capital federal. Quarenta e nove anos depois de sua inauguração, o conceito de “Terra das oportunidades” permanece até hoje no restante do país. A prova cabal dessa constatação refere-se aos dados do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) que mostra, somente no ano passado, que foram abertos 64 mil novos postos de trabalho no Distrito Federal. Empregos desde a construção civil até concurso público para pós-graduados.

Catedral Metropolitana de Brasilia
Catedral Metropolitana de Brasilia
As cidades que lideram o ranking de migrantes são Minas Gerais (com 218 mil pessoas), seguidas de Goiás (174 mil) e Bahia (150 mil). Apenas em 2008, 15 mil pessoas nascidas em outros estados se mudaram para Brasília. “Essa migração mostra que os governos não estão preocupados como o desenvolvimento regional. Se isso acontecesse, as regiões beneficiadas deixariam de liberar população”, explicou o geógrafo e professor emérito da Universidade de Brasília (UnB), Aldo Pavioni.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.