Ibaneis e empresários otimistas na retomada da economia | https://reporterbrasilia.com.br/

Inicial / Repórter Brasília / Ibaneis e empresários otimistas na retomada da economia 

Ibaneis e empresários otimistas na retomada da economia 

Print Friendly, PDF & Email

Em almoço com empresários, governador faz balanço do segundo ano de gestão e aposta na retomada do desenvolvimento (Veja vídeo, final da matéria)

O governador Ibaneis Rocha falou sobre boas perspectivas para o ano que vem. O presidente do Lide Brasília, Paulo Octávio, disse que o encontro das lideranças empresariais com o governador Ibaneis representa “a cooperação entre o governo e o setor produtivo”.

Em almoço com autoridades e dirigentes de entidades ligadas ao setor empresarial, nesta quarta-feira (18), no Brasília Palace, o governador Ibaneis Rocha demonstrou otimismo com a retomada da economia local no próximo ano. Durante evento do Grupo de Líderes Empresariais (Lide) de 2020 – que reuniu o secretariado do Executivo local –, ele fez um balanço do segundo ano de gestão, destacou as medidas de segurança contra o novo coronavírus, e reafirmou que seguirá incentivando obras e empreendimentos públicos e privados voltados à geração de emprego e renda.

“Os empresários estão buscando fazer seus investimentos na nossa cidade”, (Ibaneis Rocha, governador do DF)

“Os empresários estão buscando fazer seus investimentos na nossa cidade”, declarou o governador. “É uma oportunidade muito grande para nós, fazer essa interação com o setor produtivo. Vamos buscar cada vez mais empresas. Nossa origem nasce com JK [Juscelino Kubitschek], trazendo Brasília para o centro do país e transformando a capital em um polo de integração com outras regiões. É exatamente nessa perspectiva que nós sempre trabalhamos.”

Grandes empresas buscam o DF

Os resultados, ressaltou Ibaneis, já podem ser sentidos, com grandes empresas buscando o DF para sediar seus negócios. Uma delas, o Grupo Comper, deve investir R$ 1 bilhão em terras brasilienses. “São negócios dessa natureza que vão chegar aqui em Brasília e vão mudar a característica econômica dessa cidade, sem tirar a importância dos empresários que já estão aqui”, avaliou Ibaneis. “Eles são tratados com respeito na nossa gestão. Fizemos um grande trabalho de aproximá-los de nós”.

R$ 1 bilhão, investimento estimado do Grupo Comper no DF

Durante o evento, o governador também entregou ao presidente do Lide, empresário Paulo Octávio, o Estudo Prévio de Impacto de Vizinhança (EIV) de dois empreendimentos em Águas Claras – um residencial e um shopping.

“Eu o parabenizo por trazer grandes empreendimentos para a nossa cidade”, disse ao empresário.

Combate ao coronavírus

Ibaneis Rocha ressaltou as medidas que foram tomadas durante a pandemia: “Criamos hospitais de campanha, aumentamos os números de leitos, contratamos mais de 1.500 profissionais da saúde, demos atendimento de qualidade para a população. Nós choramos todos os dias as mortes, mas temos convicção de que fizemos o melhor que tinha que ser feito”.

Governo está atento

Ibaneis disse que “o governo está atento à possibilidade de uma segunda onda de infecção e que vem tratando do assunto com cautela, prevenção e acompanhamento diário das informações. “Eu digo que nós estamos preparados. Rezamos para que a vacina chegue de onde quer que seja, mas estamos tratando desses assuntos diariamente para não passar por todo aquele movimento de fechamento do comércio novamente”, afirmou.

Obras continuam a todo vapor

O governador do Distrito Federal lembrou que as obras da cidade continuaram a todo vapor. “Geramos um clima de esperança, que é quando você passa nas ruas e vê uma cidade limpa, um trabalho de tapa-buracos, pintura de meio-fio, ajardinamento da cidade, construção de várias UPAs [Unidades de Pronto Atendimento] e de UBSs [Unidades Básicas de Saúde], reformas de inúmeras escolas, tirando a cidade daquela cara de abatimento”.

É o momento da retomada, com o resgate do desenvolvimento, diz Paulo Octávio

Na avaliação do empresário Paulo Octávio, presidente do Lide, “o governo local foi ágil, sendo o primeiro a tomar medidas de segurança em todas as áreas. As empresas e o governo se reinventaram por causa da pandemia”, ressaltou. “Todo mundo precisou buscar uma alternativa para vencer a crise. Agora é o momento da retomada, com o resgate do desenvolvimento econômico de 2021”, disse.

Empresas tiveram que se reinventar

“A nossa geração passou a viver um problema que nunca tinha vivido antes, então a gente teve que se reinventar, as empresas tiveram que se reinventar, o governo se reinventou”, afirmou Paulo Octávio. “Todo mundo buscou uma alternativa para vencer a grande questão que nós tivemos pela frente, que tomou quase que o ano de 2020 todo. 2020 é um ano semiperdido, não foi perdido porque todo mundo se reinventou, o governo de Brasília foi ágil, foi o primeiro a fazer as intervenções, a segurar a população, a comprar equipamentos. Então eu acho que Brasília está de parabéns.”

Empresas e governo não pararam

Tanto o governo pelas atitudes tomadas, como o setor produtivo que também não parou. “As empresas não pararam, procuraram demitir menos funcionários possível. Então isso tudo foi um resultado que hoje sente que é benéfico para a cidade toda”, destacou o líder empresarial.

Momento da retomada

Paulo Octávio enfatiza que é o momento da retomada,”a gente tem que pensar em 2021. Então hoje a gente vai fazer uma reflexão sobre 2020, que está sendo um ano muito difícil em nossas vidas, e vamos pensar para frente. Nós vamos pensar que vem a vacina, nós estamos apostando que hoje estamos com hospitais muito mais preparados para atender as pessoas que tiveram covid. Então eu acho que a estrutura hoje aqui em Brasília está melhor, a gente sente que tem leitos suficientes, atende a população.”

Como restaurar a economia

“Foi uma experiência que a gente preferiria que não tivesse havido. A palestra do governador e as perguntas que foram  feitas ao governador foi no sentido de buscar caminhos para como restaurar a economia, quais são as perspectivas para 2021, quais são as metas, os projetos, os planos do governo. No quê que nós podemos ajudar”.

Lide debatendo o Brasil

“O LIDE não parou em momento nenhum”, frisou o presidente Paulo Octávio. “Nós fizemos mais de 120 encontros, alguns presenciais, a maioria pela internet. Mas nós debatemos o Brasil todo. Vários governadores foram ouvidos, todos os ministros do governo Bolsonaro foram ouvidos. Então a gente teve uma interlocução muito positiva, e não paramos. Porque ainda que vivamos em momentos difíceis, a gente não pode parar de pensar no Brasil, e nós aqui de pensar Brasília”.

Abertura para investimentos

Questionado se  existe um otimismo no mercado em relação a essa abertura que o governo do Distrito Federal tem feito para investimentos nessas novas empresas, Paulo Octávio afirmou que “a expectativa é a melhor para o governo, eles têm procurado o tempo todo ter uma interação e entender as dificuldades do setor produtivo, e a gente teve aí uma amostra disso nas medidas tomadas; e volto a dizer, a desburocratização do estado, nós estamos muito travado. Então eu acho que boas iniciativas estão acontecendo o tempo todo, e é por isso que a gente tem que ter sensibilidade e aplaudir e tocar para frente. Eu acho que não dá para dissociar um setor do outro”.

Diálogo é positivo

O governo tem o compromisso de logicamente resgatar Brasília, disse Pulo Octávio, destacando que “Brasília é uma cidade em desenvolvimento, é uma das capitais que mais cresce no Brasil, cresce um por cento ao logo dos anos, e provavelmente isso faz com que tenhamos uma demanda maior de serviços e empregos. Então o diálogo é muito positivo. Fizemos um LIDE com ele nos primeiros dias de governo, fomos para o segundo e esse é o terceiro. E espero que ano que vem a gente possa ter um LIDE no final do ano, com um balanço super positivo. É isso que nós queremos.”

Melhores expectativas

Paulo Octávio finalizou declarando ter as melhores expectativas para o próximo ano. “O governo Ibaneis tem procurado ter uma interação e entender as dificuldades do setor produtivo, como o Refis e a desburocratização do Estado”, destacou. “Boas iniciativas estão acontecendo o tempo todo. Temos que aplaudir a gestão atual e continuar trabalhando de forma integrada”.

Lide

Fundado no Brasil em 2003 e presidido pelo empresário Paulo Octávio, o Lide é uma organização que reúne diversos setores com o objetivo de fortalecer a livre iniciativa do desenvolvimento econômico e social. Nesta quarta-feira (18), na última reunião do ano do grupo, mais de 50 grandes empresários marcaram presença.

Portal Repórter Brasília, Edgar Lisboa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.